Pular para o conteúdo

Como fazer um portfólio do seu trabalho: Guia completo

  • por

Descubra como fazer um portfólio autêntico e impactante de uma maneira que reflita suas habilidades e te destaque no mercado!

Você sabia que muitos profissionais são escolhidos com base exclusivamente no portfólio? Pois é. Independentemente se você deseja trabalhar como freelancer ou CLT, ter uma apresentação bem elaborada e criativa é fundamental, especialmente se a sua carreira está atrelada às áreas criativas e visuais como designer, desenvolvedor, fotógrafo, copywritter, redator entre outros.

Portanto, para se destacar logo de cara, é preciso sair da mesmice, criando uma narrativa visual que foque em apresentar suas habilidades e competências de uma forma única.

Mas afinal, como e onde crio o meu portfólio? Fique tranquilo, que aqui você irá descobrir tudo o que você precisa saber. Desde a idealização até a hospedagem. Faça uma ótima leitura!

Como fazer um portfólio do seu trabalho: Guia completo

O que é um portfólio?

Um portfólio é uma coleção organizada de trabalhos e projetos que demonstram suas habilidades, experiências e conquistas em uma área específica. Ele serve como uma vitrine do seu talento, permitindo que você apresente seu trabalho de maneira visual e impactante. 

Seja digital ou físico, um portfólio é essencial para qualquer profissional que deseja mostrar de forma prática o que é capaz de realizar, funcionando como uma poderosa ferramenta de comunicação e marketing pessoal.

Por que criar um portfólio é importante?

Ter um portfólio é fundamental para qualquer profissional que deseja se destacar. Através dele é possível demonstrar suas habilidades de maneira concreta, facilitando a comunicação com clientes e empregadores. 

Ou seja, em vez de falar sobre o que você pode fazer, o portfólio te permite mostrar visualmente. 

Escolha do formato: Físico ou digital

Decidir entre um portfólio digital ou físico é quase que intuitivo, às vezes sendo necessário ter os dois. Cada formato tem suas vantagens, e a escolha depende do seu público-alvo e do tipo de serviço que você oferece.

Um portfólio digital, por exemplo, é altamente acessível e fácil de compartilhar. Ele pode ser hospedado em plataformas especializadas ou mesmo em um site pessoal, permitindo que você alcance um público maior instantaneamente. 

Por outro lado, um portfólio físico pode ser mais impactante em encontros presenciais, como entrevistas ou exposições. Ele oferece uma experiência tátil e pode ser personalizado de maneiras que um portfólio digital não permite, como a escolha de papéis especiais ou encadernações únicas.

Com o formato definido, é hora de pôr a mão na massa e começar a dar vida ao seu portfólio. Siga para o próximo tópico e veja um passo a passo completo.

Como fazer um portfólio na prática

1 – Escolha os trabalhos que serão incluídos

Antes de começar a montar seu portfólio, é crucial definir seu objetivo. Para isso, se pergunte: “para quem estou criando este portfólio?” e “qual é o resultado que espero alcançar com ele?” 

Seja para conseguir um novo emprego, captar clientes freelancer, ou apenas mostrar seu desenvolvimento pessoal, ter um propósito claro guiará todas as suas decisões relacionadas ao conteúdo e design.

Ao selecionar os trabalhos que você irá incluir, é importante escolher aqueles que destacam suas habilidades técnicas, sua capacidade de resolver problemas e sua criatividade. 

A variedade dos projetos escolhidos também é crucial para mostrar sua versatilidade. Cada trabalho deve contribuir para contar a história de sua carreira, criando uma narrativa visual que reflete sua trajetória e evolução profissional.

2 – Defina a plataforma

A plataforma certa para seu portfólio pode variar de acordo com o objetivo. Atualmente, existem várias opções disponíveis gratuitamente na internet, cada uma com suas características únicas.

Plataformas como Behance, Github e Canva são populares entre designers, desenvolvedores e artistas, devido sua comunidade ativa e facilidade de uso. 

Agora, para um portfólio mais personalizado, criar um site próprio usando ferramentas como Wix ou WordPress pode ser a melhor opção. 

Avalie e escolha aquela que melhor se encaixa às suas necessidades, levando em conta o público-alvo e o tempo disponível para se dedicar na criação. 

3 – Crie o design do portfólio

O design do seu portfólio deve refletir seu estilo e personalidade, mas também precisa ser funcional e acessível. Opte por um layout que permita que seus trabalhos sejam o foco da apresentação. 

Use fontes legíveis e mantenha uma paleta de cores consistente. Se possível, adicione elementos interativos como vídeos ou animações para enriquecer a experiência. Lembre-se de que o design deve complementar, e não ofuscar, seus projetos.

4 – Publique e divulgue

Depois de criar seu portfólio, é hora de colocá-lo no mundo. 

Se for digital, certifique-se de que está otimizado para SEO para que seja facilmente encontrado nos mecanismos de busca. Compartilhe o link em suas redes sociais profissionais, como LinkedIn, e inclua-o em seu currículo e assinaturas de e-mail. 

Se for físico, tenha cópias prontas para levar em entrevistas e eventos de networking.

Como fazer um portfólio do seu trabalho: Guia completo

Pare de perder tempo e crie o seu portfólio o quanto antes

Com todas essas dicas em mãos, está na hora de transformar seu conhecimento em ação. Então, deixe de lado a procrastinação, escolha os trabalhos que realmente mostram seu talento, organize-o de forma estratégica, publique e comece a divulgar o seu trabalho.

Lembre-se que o seu portfólio não deve ser estático, portanto, ele deve evoluir junto com suas habilidades. A cada novo projeto, revise e ajuste o que for necessário para que sua apresentação reflita o seu crescimento.

Por fim, caso ainda tenha dúvidas sobre como fazer um portfólio ou como fazer um currículo para se destacar no mercado, use a caixa de comentários abaixo que nós, do Super Content, estamos prontos para te ajudar. Obrigado por sempre nos acompanhar e até mais!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *